Inter de Milheirós muda de presidente

0
270

O Inter de Milão vai mudar de treinador, mas o outro Inter, o de Milheirós, também não fica atrás nas mudanças e já tem um novo presidente. Vítor Fontes deixa a presidência do clube e Sérgio Cunha, ex-presidente da Assembleia-geral e sócio número 1, assume os destinos da formação milheiroense.
O presidente cessante afirma que sai com “a sensação de dever cumprido e deixo o clube sem dívidas, cumprindo a parte a que me propus e devolvendo credibilidade ao Inter”.

Vítor Fontes ficou também agradado com aprestação da equipa sénior nesta temporada: “A parte desportiva também foi cumprida. Ficámos no sexto lugar da Série 1 da 2ª Divisão Distrital com um orçamento ridículo, os jogadores não tinham prémios e ganhavam cerca de 20 euros por mês. Mesmo assim, conseguimos terminar à frente de clubes com orçamentos muito superiores a até ganhámos o Torneio Bragança Fernandes”, atira Vítor Fontes.

O novo presidente, Sérgio Cunha, entra “ com o sonho de uma subida de divisão da equipa sénior”, porém, o principal objectivo passa “por continuar a valorizar o clube e equilibrá-lo a nível administrativo e financeiro, algo que ainda não foi plenamente conseguido. Queremos acabar com o passivo”.
Para atacar a nova época, Sérgio Cunha diz que já renovou com jogadores e treinador: “A equipa técnica liderada por Canário será para manter na totalidade. Também acreditamos que a maioria dos jogadores vai fica., apesar de alguns terem sido aliciados por outros clubes com outras condições diferentes das nossas”, finalizou Sérgio Cunha.

André Cordeiro