Juvemaia a caminho da subida, Maia Basket corre risco de descida

0
239

A equipa sénior feminina da Juvemaia terminou a fase zonal (Zona Norte A) a liderar a tabela classificativa sem qualquer derrota e com um total de 36 pontos. Na última jornada, as maiatas venceram a Oliveirense, com uma vantagem de 41 pontos (87-46). Ao longo de toda a fase, a equipa somou vitórias esmagadoras, com recordes de pontos de vantagem a ultrapassar os 50. Segue-se agora a final-four, cujo arranque deverá acontecer entre o primeiro e o segundo fim-de-semana de Maio.

O treinador e coordenador desportivo, Marco Rodrigues, faz um balanço positivo da temporada, e que é o resultado do trabalho iniciado há duas épocas, tendo em vista a subida à 1ª divisão feminina. “No ano passado, consolidamos a equipa sénior com algumas júniores, e este ano fomos buscar duas jogadoras que vieram colmatar algumas lacunas que sentíamos desde a época passada”. Marco Rodrigues refere-se a Kátia Lírio (ex-CD da Póvoa) e Ana Paula Silva (ex-Barcelos). “São jogadoras que foram internacionais ao longo da sua formação, que sempre representaram as selecções nacionais, e que mediante as suas características encaixavam perfeitamente naquilo que precisávamos para superar as nossas dificuldades”, explica o treinador. Os dois reforços foram fundamentais para a consolidação do trabalho iniciado há dois anos pela direcção do clube.

A equipa sénior prepara agora a sua participação na final a quatro. Para além da Juvemaia, líder da Zona Norte A, vão estar em competição os primeiros classificados da Zona Norte B (Académica de Coimbra), Zona Sul (ES da Amadora), e o vencedor do jogo entre o segundo classificado da Zona Sul (Algés B) e o primeiro da série dos Açores (Fayal Sport).

Os objectivos da Juvemaia estão lançados para esta fase final. Não só a subida de divisão – sobem as que ficarem nos dois primeiros lugares, mas também a conquista do título de campeão nacional. Ou seja, o objectivo será ficar em primeiro lugar, sem qualquer derrota. A concretizar-se, será a primeira vez que o clube consegue o título, estando garantidas as condições para participar na 1ª divisão feminina. “Temos toda uma estrutura preparada para isso”, garante o treinador e coordenador desportivo, Marco Rodrigues.

Nos masculinos, o Maia Basket terminou a sua participação na temporada 2010/2011 da Proliga. O clube fechou a fase regular com uma vitória de dois pontos de vantagem na recepção ao Eléctrico FC. Em 11º lugar, com apenas 29 pontos, sete vitórias e 15 derrotas, os homens de Rui Silva ficaram afastados dos play-offs e podem descer à CNB1. Na 1ª eliminatória, composta por cinco jornadas, estão presentes apenas os primeiros oito classificados: Sangalhos, Angra Basket, Barcelos, CD Póvoa, Eléctrico FC , Fórum Terceira Basket, Física Torres Vedras, e Galitos FC. A primeira ronda teve início na passada sexta-feira, feriado nacional.

Fernanda Alves