Maia AC a um ponto do título e sem foto-finish

0
175

O Maia Atlético Clube obteve, no sábado, em Vila Nova da Barquinha, o melhor resultado da sua história, ao terminar em segundo lugar os Campeonatos de Portugal de Corta-Mato Curto a apenas um ponto do vencedor, o Sporting. Mas poderia ter garantido o título nacional. Aliás, o clube da Maia diz ter razões para protestar, argumentando com a “ausência de foto-finish e de uma verdadeira linha de meta”, que não permitiu confirmar se o quinto lugar de Sérgio Silva não teria sido afinal um quarto. A prova foi ganha individualmente por Rui Silva, o que aconteceu pela sétima vez nos últimos 12 anos.

O Maia Atlético Clube teve Sérgio Silva no quinto posto, Pedro Ribeiro logo a seguir, Daniel Pinheiro em nono, Vítor Oliveira em 11º e Bruno Jesus em 13º. Foi a equipa que “fechou” mais cedo, pois para a classificação colectiva contavam os resultados dos primeiros quatro atletas.

Os problemas começaram quando a primeira classificação mostrou Sérgio Silva no oitavo posto. O Maia AC pediu uma revisão da classificação e o vídeo da chegada, diz o clube, “não só comprovava o quinto lugar como mostrava Sérgio a terminar ao sprint com Hélder Santos, do Cyclones, na luta pela quarta posição”.
Perante a dúvida, os responsáveis do Maia AC, Rui Borges e José Regalo, pediram o foto-finish, verificando que não existia. O risco de meta não estava também assinalado no chão. “A decisão foi feita pela ‘percepção’ do juiz que estava na linha de chegada e pela passagem no tapete que lia os ‘chips’ nos pés dos atletas. Uma forma demasiado amadora de registar uma chegada e que desta vez, sendo o empate em pontos favorável ao Maia AC, decidia… um título nacional!”, assinala o clube, em comunicado.

A jornada ficou ainda marcada pelo segundo lugar de João Cruz no Nacional de juvenis do Desporto Escolar, depois de ter liderado praticamente toda a prova, e pelo oitavo lugar de Vítor Ribeiro no escalão de veteranos.
Na prova feminina, confirmou-se o terceiro título consecutivo de Sara Moreira, a atleta do Maratona que diariamente treina na Maia, orientada por Pedro Ribeiro.

Classificações

Individual:
1. Rui Silva, Sporting
2. Rui Teixeira, Maratona
3. Tiago Costa, Sporting Braga
4. Hélder Santos, Ciclones
5. Sérgio Silva, Maia AC
6. Pedro Ribeiro, Maia AC
9. Daniel Pinheiro, Maia AC
11. Vítor Oliveira, Maia AC
13. Bruno Jesus, Maia AC

Por equipas:
1. Sporting 30 pontos
2. Maia AC 31
3. Ciclones 75