Maia AC: Jovens brilham na pista, seniores na estrada

0
162

O Maia Atlético Clube repetiu, na vila de César, em Oliveira de Azeméis, o terceiro lugar por equipas no Campeonato Nacional de Estrada que já havia obtido a época passada. Sérgio Silva foi o melhor da equipa maiata, terminando na nona posição de uma prova dominada pela Conforlimpa, tanto individual como colectivamente.

O grupo orientado por José Regalo partiu para este campeonato debilitado por lesões e doenças que afectaram cinco dos atletas maiatos. Um dos principais, Pedro Ribeiro, foi mesmo obrigado a desistir numa prova de 15 mil metros mais dura do que se esperava.
No entanto, o essencial foi garantido, já que perante a força de Conforlimpa e Maratona, as duas mais poderosas equipas nacionais da especialidade, o Maia AC apontava essencialmente ao terceiro lugar de um campeonato muito participado, pois terminaram 206 atletas, de 27 clubes.

Já no Campeonato do Norte de Pista Coberta, que decorreu no passado fim-de-semana , no Parque de Exposições de Braga, a jovem maiata Daniela França foi um dos maiores destaques ao conquistar o segundo lugar nas corridas de 60 e 200 metros, o que lhe valeu ao mesmo tempo os títulos Regionais do Porto nas duas provas.
O Maia AC, que participou com 12 atletas (quatro femininos e oito masculinos) ganhou ainda o título regional dos 1500 metros com João Cruz e conseguiu ainda colocar três das suas quatro atletas entre as oito finalistas de 200 metros.

Braga recebeu também no passado fim-de-semana o Triatlo Técnico do Norte, uma prova combinada em pista coberta destinada a jovens.
A formação conseguiu colocar quatro atletas no pódio, obtendo o terceiro lugar colectivo final, entre um total de 27 clubes.
Miguel Pereira e Diogo Guerra conseguiram os segundo e terceiro lugares em infantis, enquanto Rui Simões e Rafaela Moutinho conquistaram as medalhas de bronze em iniciados, numa competição composta por provas de barreiras (60m), salto em comprimento (em altura para juvenis) e lançamento do peso.

André Cordeiro