Maia Basket perdeu com o FC Porto

0
157

Em fim-de-semana de jornada cruzada, o Maia Basket voltou a sofrer uma dura derrota. Perdeu por 118-84 na visita ao FC Porto, em Matosinhos. Apesar do empenho de todo o plantel, constituído somente por jogadores portugueses, ao contrário da equipa adversária, o Maia Basket não conseguiu ultrapassar os portistas na concretização. Os pontos alcançados pelo Maia Basket foram conquistados nos três períodos finais do encontro. Para treinador dos maiatos, Rui Silva, a derrota não afectou a motivação do plantel. Foi apenas “mais um jogo”, sem grande importância em termos competitivos, uma vez que não faz parte do campeonato da Proliga. “Foi uma boa experiência na qual conseguimos elevar os nossos níveis de concentração. Foi um bom treino para motivar a equipa para os duelos que estão para vir”, referiu.

Este sábado, o Maia Basket volta a jogar fora de casa, com o Seixal/Slimcei, actual oitavo classificado, com 10 pontos. Em oito jogos, o Seixal venceu dois e perdeu seis jogos. Os maiatos estão em 11º lugar, com menos dois pontos. Em sete jogos, venceram apenas um e perderam seis.

Na segunda divisão feminina, a Juvemaia foi vencer a Paços de Brandão o GRIB por 46 – 52, na terceira jornada do campeonato. Uma vitória “difícil”, referiu o treinador, Jorge Correia. “A equipa da casa estava altamente moralizada pela vitória conseguida perante o NCR Valongo, aplicando-se a fundo contra a Juvemaia, que não fazendo um bom jogo ao nível ofensivo, conseguiu alcançar os seus objectivos”, comenta o treinador. A vitória foi alcançada graças ao resultado obtido no quarto período de jogo (11-18), “fruto do espírito de equipa e maturidade”.

FA