Maia no XI Porto-Lisboa em cicloturismo

0
123

A Maia integrou a 11ª edição da Clássica Porto – Lisboa em cicloturismo. Pela equipa “Clube de Cicloturismo Lavandaria Gueimaia” pedalaram (da esquerda para a direita, na foto) Albino Araújo, Joaquim Silva, Sandro Almeida e Paulo Couto. Este último, conhecido na Maia pelo cargo de técnico ocupado na equipa de sub-23 da União Ciclista da Maia. Numa altura de indefinição dentro do clube – à espera de serem marcadas eleições para a direcção – juntou-se a um dos grupos de cicloturismo do concelho e pedalou até à capital.

A Clássica Porto – Lisboa decorreu nos dias 1 e 2 de Maio, contando com a presença de 170 cicloturistas, em representação de 22 equipas. A saída para a estrada aconteceu às 8h00 do Dia do Trabalhador, junto à Sé do Porto. Pela frente, tinham 115,7 quilómetros (kms) até Coimbra. Ainda no feriado, continuaram as pedaladas até Leiris, para uma etapa de 67,5 kms.

O segundo dia de Maio, e da prova, foi novamente de jornada dupla. De manhã, percorreram 92 kms, entre Batalha e Arruda dos Vinhos, seguindo depois para o Parque das Nações (Lisboa), a meta desta clássica, já depois de percorridos os últimos 32,4 kms desta edição da prova.

Salienta Paulo Couto que, ao contrário dos três primeiros trajectos, “o último percurso foi cumprido em pelotão compacto”. Nos anteriores, os participantes percorreram Porto – Arruda dos Vinhos por equipas, “separados entre si por 50 metros de distância”.

MC