Maia tem capacidade para modos de mobilidade mais suaves

0
203
imagem cedido pela equipa Maiatos
- Publicidade -

O primeiro webinar do ciclo O Desporto na Maia, Projetar o Futuro, teve na sustentabilidade pessoal o seu mote. Os palestrantes e participantes refletiram sobre a importância do planeamento das cidades para “criar condições para a adoção de estilos de vida saudáveis”.

Este foi o primeiro e uma série de cinco que decorrem no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo da Maia (PEDDMaia).

Na sessão transmitida em direto nos canais do município, Paula Teles, especialista em acessibilidade e mobilidade, sublinhou que “temos que fazer essa transição da mobilidade pesada para a mobilidade mais suave. Temos que educar a nossa cultura de mobilidade. A Câmara Municipal vai ter de ter coragem de implementar as medidas”.

Por sua vez, Bruno Avelar Rosa, membro da equipa responsável pelo Programa Nacional para a Promoção da Atividade Física da DGS e Expert da Comissão Europeia para o Desporto, frisou que “o espaço constrói as pessoas e o homem utiliza-o com a sua intencionalidade e se o espaço não oferece oportunidade de ação, o homem não consegue ser intencional. As políticas macro influenciam as pessoas, caso haja operadores como os municípios que o façam através das ações micro”.

Na mesa-redonda que se seguiu às duas intervenções, especialistas de diversas áreas desenvolveram o tema, focando-se no planeamento, nos modos suaves de mobilidade, mas também na necessidade de continuar a construir uma cidade amiga das pessoas.

O próximo webinar do ciclo O Desporto na Maia, Projetar o Futuro realiza-se no dia 7 de abril, quarta-feira, pelas 21h00, e tem como tema a Sustentabilidade Ambiental.

Palestrantes e convidados irão refletir sobre “Preservar a natureza e utilizar de forma inteligente os recursos naturais e energéticos. Desporto – Infraestruturas e meio ambiente”.

- Publicidade -