Maiatos sem pódio no Open de Paris

0
83

Nuno Moreira e Vítor Silva, na prova de Combate, e António Moreira na categoria de árbitro, integraram a comitiva portuguesa que esteve presente no Open de Paris, prova da Golden League que nesta edição juntou 49 países e que decorreu no passado fim-de-semana.

Este open é bem conhecido de Nuno Moreira mas desta vez não lhe sorriu da melhor forma. Na categoria dos -75Kg, o atleta maiato não conseguiu passar da segunda eliminatória, perdendo no reencontro com o belga Diego Vandershrick. Num combate muito táctico, o maiato perdeu por 2-1 para o medalhado europeu, que acabaria por perder na passagem à final, impedindo que o maiato lutasse pelas medalhas.

Na categoria Open, Nuno Moreira também perdeu e deixou Paris com mais um resultado de 1-0 a favor do Canadá.

O karateca maiato prometeu trabalhar para melhorar: “Não foi um Open que irei recordar com grande entusiasmo, mas será de certo esta prova que mais vezes irei lembrar e corrigir o que esteve mal. Foi um campeonato difícil, tinha pela frente 70 adversários no meu peso e mais 94 no Open. Fomos surpreendidos pelas regras da prova que mudaram, e apenas tivemos conhecimento momentos antes, mas na alta competição temos de estar preparados para tudo. Agora temos que continuar a trabalhar porque no dia 30 vai realizar-se o Torneio Internacional de Vila das Aves, e existe uma enorme possibilidade de enfrentar o número um mundial, Rafael Aghayev”.

Já Vítor Silva, que apenas participou na categoria de peso individual -67Kg, após passar a primeira volta, combateu com o francês Willian Rolle, que se impôs de forma categórica sobre o jovem maiato, mostrando o porquê de ser o número três mundial. Uma vez que o gaulês acabou por vencer o escalão, Vítor Silva entrou na repescagem onde lutou pela medalha de bronze, mas não acabou por ficar pelo caminho.

No final, Vítor Silva mostrou-se resignado: “São provas muitos duras e os atletas são muito rápidos. Esta é a minha terceira prova ao nível sénior e apenas poderei aprender e melhorar o meu trabalho marcando presença nestes eventos”.

No próximo fim-de-semana os atletas estarão em trabalhos de selecção no centro de alto rendimento do Jamor, e, em simultâneo, os jovens karatecas maiatos marcarão presença no Pavilhão Municipal de Nogueira da Maia, onde se realizará o Estágio Técnico Associativo para aprovação de graduações e análise de novos talentos desportivos.