Medalhas de ouro a bronze no Mundial da Roménia de Karate Goju-Ryu

0
379
- Publicidade -

Decorreu de 3 a 19 de setembro, o Campeonato do Mundo de Karaté, estilo Goju-Ryu, organizado pela Federação Mundial da modalidade (a WGKF), na cidade de Bucareste na Roménia.

Esta competição conhecida pelo único evento do estilo Goju-Ryu, acolheu mais de 1000 competidores de 35 nacionalidades. Na comitiva nacional, o CK Maia conseguiu apurar para a prova 28 competidores, que lutaram nas provas de Kata (forma) individuais e equipa e na vertente de Kumite (combate) individual e equipa.

Com um nível técnico bastante elevado, os maiatos começaram, no primeiro dia, a luta pela conquista das medalhas. Valentim Jerónimo foi o primeiro a entrar em prova, e apesar de excelentes prestações, não conseguiu chegar às medalhas, sendo que o mesmo azar tiveram os masculinos Gonçalo Silva, Luís Maia e Ivo Martins. As várias eliminatórias ultrapassadas não foram suficientes para conseguir o pódio.

Petra Pinto esteve em destaque ao conseguir ganhar o título Mundial na prova de Kata e Kumite individual. Mais tarde a prova de Kata equipa teria sabor a ouro com Inês Morais e Leonor Sousa. Estes três elementos, a que se juntou Maria Soares, conseguiram depois vencer a prova de kumite equipa conquistando uma medalha de prata.

O bronze chegaria ainda para os restantes elementos desta equipa feminina na prova individual de Kata para Inês Morais e Kumite Individual de Maria Soares.

Os Juvenis acabaram por seguir com a energia dos mais novos e Telma Silva conquistou, desta feita, a prata na prova de Kata, Barbara Moreira teve prata na prova de kumite, Inês Martins (bisou em Kata e Kumite) com um excelente terceiro lugar, lugares esses conquistados por Luísa Marques e Beatriz Mendonça em categorias superiores.

Estas atletas, juntamente com Catarina Cardoso, ainda conquistaram a prova de Kumite Equipa, vencendo a Bulgária na final, e a prova de Kata com a equipa da casa a ficar pelo caminho.

Nos Cadetes Pedro Carvalho subiria mais um degrau e o título mundial de kata já ninguém lho tira, numa final com um resultado positivo de 5-0 frente ao atleta da República Checa. Os restantes Cadetes (Miguel Cardoso, João Teixeira, Mariana Neto, Inês Silva e Renata Pinto) conseguiram passar várias eliminatórias, com algumas disputadas diretas pelas medalhas, mas infelizmente a sorte não sorriu.

As Cadetes Femininos ainda conseguiram conquistar o segundo lugar de equipas. Os Juniores voltaram a fazer das suas com Diogo Biscaia a chegar à final e apenas sucumbir perante o ateta italiano. Daniela Ferreira conquistaria na prova de Kumite -54Kg a medalha de bronze e uma derrota de 3-2 não a colocaria na final.

Nos Seniores Nuno Moreira acabaria por juntar mais um título ao seu curriculum, vencendo atletas do Uzbequistão, Roménia, República Checa, Alemanha e África do Sul. Fábio Barbosa ainda conseguiu o bronze após um grande desgaste físico de vários combates seguidos.

A equipa Sénior Masculina ainda deu o seu grande contributo e o resultado não poderia ser melhor com a conquista da prata através dos elementos Nuno Moreira, José Barbosa, Fábio Barbosa, Sérgio Silva e Diogo Gonçalves.

Agora as energias serão repostas, porque a época está a iniciar e os campeonatos prometem. Nuno Moreira estará no próximo fim de semana em Marrocos para orientar um Campo de Treinos e posteriormente fazer o Open Internacional de Fes.

- Publicidade -