Pedras Rubras: Na luta até ao fim

1
168

O Pedras Rubras está a realizar um campeonato de bom nível na Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto. No início da temporada o clube do aeroporto assumiu uma candidatura à subida aos Campeonatos Nacionais, no caso a III Divisão, e ocupa no final desta ano de 2010 o segundo lugar da classificação, só superado por um ainda invicto Infesta.
Além disso, os maiatos só contam uma derrota com quase metade das jornadas cumpridas na temporada 2010/2011. António Monteiro, treinador do Pedras Rubras, mostra-se muito agradado com os resultados alcançados até aqui: “Nós estamos a fazer uma boa campanha. Temos noção de que estamos bem e só não somos primeiros porque o Infesta está a fazer um campeonato excepcional. Resta-nos trabalhar para atingir os nossos objectivos”, diz o técnico também conhecido como Caneco.

A classificação actual coloca o Pedras Rubras em posição de subida, algo que Caneco quer ver concretizado no final da época: “Desde o início da temporada não escondemos que queremos subir. Temos noção de que não é fácil, há muito campeonato pela frente com muita competitividade e com grandes equipas envolvidas., Mas temos a esperança de conseguir essa meta”.

Apesar da excelente campanha que está a realizar, a formação do aeroporto já desperdiçou duas oportunidades de se aproximar do líder. Uma situação que Caneco diz não ter afectado a confiança do plantel: “Uma equipa que só tem uma derrota ao fim de quinze jornadas só pode estar moralizada. O ambiente é excepcional, os jogadores estão motivados e a acreditar cada vez mais que vamos conseguir os objectivos. No entanto, temos a noção de que um empate ou outro que tivemos em casa não é agradável, mas o futebol é feito disso. É verdade que uma vitória frente ao Grijó nos tinha dado uma estabilidade maior e também uma maior margem de manobra, mas infelizmente não conseguimos. É uma prova difícil, que exige cada vez mais de nós, mas estamos com uma moral excelente”, conta o treinador maiato.

No lançamento da época 2009/2010, António Monteiro vaticinou um campeonato dos mais renhidos nos últimos anos. Uma previsão que, segundo o técnico, se tem vindo a confirmar: “Não me enganei. A cada fim-de-semana que passa, torna-se mais difícil ganhar, quer ao primeiro como ao último. É um campeonato extremamente competitivo. As equipas que estão imediatamente abaixo de nós ainda sonham com a subida e temos que estar concentrados e fortes para seguir com este trabalho”, conclui Caneco.

André Cordeiro

1 COMENTÁRIO

  1. Como critiquei notícias desportivas que apenas são cópias, e às vezes com erros, de outros orgãos informativos, elogio este tipo de notícias. São originais, trazem algo de novo sobre os clubes do concelho.

Comments are closed.