Pedro Sousa e Gastão Elias marcam encontro na segunda ronda do Maia Open

0
270
Pedro Sousa - Foto Beatriz Ruivo
- Publicidade -

Pedro Sousa e Gastão Elias foram os dois tenistas portugueses a vencer no segundo dia de quadros principais do Maia Open e quis o sorteio que marcassem encontro na segunda ronda, pelo que está garantida a presença de pelo menos um jogador “da casa” nos quartos de final.

O Maia Open é organizado pela Federação Portuguesa de Ténis com o apoio da Câmara Municipal da Maia e joga-se até domingo, 6 de dezembro, no Complexo de Ténis da Maia.
 
Apesar de ter a seu cargo o estatuto de segundo cabeça de série, Pedro Sousa passou a ser o grande favorito à vitória final quando já estava em court, uma vez que o espanhol Pedro Martínez (número 85 do ranking mundial) foi afastado por contundentes 6-1 e 6-2 pelas mãos do italiano Alessandro Arnaboldi (276.º).
 
Mas o tenista português não acusou nenhuma pressão e caminhou com tranquilidade para uma vitória autoritária: 6-2 e 6-2 ao cabo de apenas 58 minutos de jogo frente ao francês Maxime Hamou (365.º).
 
A “recompensa” foi o apuramento para a segunda ronda, e ainda que na altura ainda não soubesse que adversário teria pela frente, Pedro Sousa não hesitou em escolher um: “É óbvio que quero que o Gastão ganhe. É um jogador mais complicado de defrontar, mas quero que ele ganhe.”
 
“Pedido” feito, pedido realizado: pouco depois, Gastão Elias (429.º ATP) superou o russo Pavel Kotov (271.º) por 6-2 e 7-5 para somar a primeira vitória em torneios do ATP Challenger Tour desde janeiro — pelo meio disputou apenas dois torneios, entre a pandemia e o regresso a provas do “escalão” inferior.
 
Assim, amanhã, Pedro Sousa e Gastão Elias vão medir forças pela segunda vez em pouco mais de um mês. Agora, está em jogo um lugar nos quartos de final do Maia Open.

- Publicidade -