Quatro karatecas maiatos com Estatuto de Alta Competição

0
168

O Clube de Karaté da Maia tem quatro atletas nas suas fileiras que atingiram o Percurso e Estatuto de Alta Competição, atribuído pelo Instituto de Desporto de Portugal.

Um desses atletas é o presidente e treinador do clube, Nuno Moreira, que já atingiu esse estatuto em 2003, e que o renovou esta época ao atingir os oitavos de final do Campeonato do Mundo em Tóquio.

Inês Rodrigues, a primeira atleta feminina a conseguir um feito europeu deste calibre ao alcançar a medalha de Bronze nos Campeonatos Europeus de Juniores em Paris, Vítor Silva, que alcançou o sétimo lugar no Campeonato da Europa de Sub-21 em Paris, e Gonçalo Pinto, depois de ter passado três terços da tabela, mínimos exigidos pela entidade máxima do desporto nacional para atingir este patamar, são os outros atletas maiatos que gozam deste estatuto.

O presidente do maiatos, Nuno Moreira, enalteceu o sucesso dos atletas: “o treino diário, a motivação, alegria e a vontade destes jovens contagia muitos dos mais novos a quererem atingir os mesmo objectivos e orgulham esta direcção e clube que os apoiam a cada passo das suas carreiras”, e acrescentou: “é o trabalho de longos anos na concretização de várias metas, onde a continuidade de uma política desportiva de verdade será levada pela direcção, que muito faz por este desporto, que, dentro de meses, poderá chegar ao que tanto deseja, ser modalidade Olímpica”.

O presidente da Federação Nacional de Karaté, João Salgado, felicitou os maiatos: “A Maia sempre nos habituou a ver bons atletas e, mais uma vez, mostrou que o trabalho e a preocupação em lançar atletas para um patamar mais alto é a prioridade deste clube”.