Renato Pita apresentou nova temporada que inicia com Rali da Madeira

0
305
- Publicidade -

O piloto vianense Renato Pita apresentou, no passado dia 21, na Maia, a nova temporada de ralis europeus, acompanhado dos seus patrocinadores, onde se inclui a Câmara da Maia.

Renato Pita começa pelo Rali da Madeira, em agosto, graças ao acordo com a Transinsular, que lhe proporcionará ainda uma “outra loucura”, como referiu Renato Pita, a de viajar num cargueiro durante 17 dias até à Mauritânia. Aí o piloto realizará um trabalho de ajuda humanitária com crianças de África, que será registado através de um diário de bordo e um conjunto fotográfico.

Assim, Renato Pita começa a competir na Madeira, em agosto, depois em Itália, em setembro, na Suíça, em outubro, sendo a viagem para a Mauritânia em novembro.

Renato Pita trabalhará com a co-piloto espanhola Alba Sanchez, estreando-se num sistema de notas em espanhol. Embora as diferenças sejam mínimas, disse Alba Sanchez, não deixa de ser um desafio para o português, a quem, “pode causar alguma confusão inicial”, como referiu o próprio.

Alba contribui nesta altura para que seja mais promovido e conhecido em Espanha a competência do piloto luso, sendo que já há “muita gente que o conhece”, referiu Alba Sanchez.

Renato Pita afirmou que encara a competição em 2018 com a “mesma força e determinação”. Assim, “depois de ter ganho em 2017 o campeonato europeu”, referiu o piloto, “espero na Madeira estar à partida já perfilado no 2º ou 3º lugar, penso que será para tornar a vencer.”

Paulo Ramalho, vereador das Relações Internacionais na Câmara Municipal da Maia (CMM), marcou presença nesta apresentação de Renato Pita.

- Publicidade -