Taça Coca-Cola bate recordes na Maia (vídeo)

0
120

O Estádio Municipal Prof. Dr. Vieira de Carvalho recebeu, no último sábado, a sétima etapa da Taça Coca-Cola 2010, a oitava edição do torneio. Uma etapa que bateu todos os recordes do torneio da conhecida marca de refrigerantes, com 100 equipas a participar, que totalizaram cerca de 1800 atletas, segundo dados da organização. É a maior participação na Taça Coca-Cola desde que foi criada, em 2002. Um número que superou todas as expectativas dos responsáveis pelo torneio, que esperavam cerca de mil e quinhentos jovens dispostos a lutar pelo troféu de melhor equipa do distrito do Porto, nos escalões masculino e feminino. Esse número já representaria um recorde, mas a realidade acabou por ser ainda melhor.

Dados que encheram de satisfação o director de relações externas da Coca-Cola Portugal, Tiago Lima. Ainda que se esteja a registar “um crescimento sustentado” no número de participantes, a Maia foi a surpresa das surpresas. “Para nós é uma grande satisfação termos tantos participantes aqui na cidade da Maia”, revela Tiago Lima, para quem a Maia “tem tido uma atitude de ajuda na promoção do desporto, e quando todos os anos nos dá todas as condições para aqui metermos 1800 miúdos, começo a acreditar que a Maia é mesmo a capital do desporto”, num alusão ao slogan utilizado pela autarquia para promover a prática desportiva.

E a ajudar à promoção da prática desportiva estão figuras bem conhecidas do futebol nacional. Idolatrados pelos mais novos, são “um exemplo a seguir”, considera Tiago Lima. A apadrinhar o torneio está o recém-convocado para a selecção e futebolista do Benfica, Fábio Coentrão. Mas de outras paragens veio Jorge Fucile, o uruguaio que actua na linha de defesa do Futebol Clube do Porto. Esteve na Maia numa sessão de autógrafos à margem do torneio. “Somos parceiros do Futebol Clube do Porto e aproveitamos sempre estas ocasiões para ter um ou dois jogadores para criar este momento especial para os jovens”, avança Tiago Lima.

A expectativa da Coca-Cola é conseguir juntar mais dez mil jovens, em competição, ao longo de dez etapas regionais. No ano passado, nas 11 etapas regionais, a Taça Coca-Cola reuniu 11 mil jovens. Depois da etapa maiata, a Taça Coca-Cola vai passar por Vila Nova de Famalicão, a 15 e 16 de Maio, Oeiras, a 22 e 23 de Maio, e Setúbal, a 29 de Maio. As finais estão marcadas para o Caixa Futebol Campus, também em Setúbal, a 6 de Junho. O objectivo principal da Taça Coca-Cola é incutir nos jovens portugueses o interesse pela adopção de um estilo de vida que integre práticas desportivas regulares.

Pedro Póvoas