Últimas três jornadas prometem muita emoção

0
136

Os campeonatos distritais de futsal da AF Porto vão entrar nas últimas jornadas, na fase do tudo ou nada, onde algumas equipas maiatas vão jogar os últimos trunfos, uns para tentar subir, outros para fugir à despromoção.

Na divisão de Honra, o Académico de Sangemil luta com o Desportivo das Aves para tentar acompanhar a Cohaemato na subida aos nacionais. De momento os avenses têm sete pontos de vantagem, mas só tem dois jogos por disputar, enquanto os sangemilenses vão ainda cumprir três jogos. É preciso que os academistas não percam e que o Aves não ganhe. Tarefa complicada até porque os avenses recebem na próxima jornada o penúltimo classificado, AR Lever, e o Sangemil visita um tranquilo Carvalhido.

Ainda nesta divisão, a Coopermaia venceu na última ronda o Desportivo da Ordem por 4-1. Subiu para o antepenúltimo posto e encurtou a diferença para a linha de água para cinco pontos. Assim, os homens da cooperativa têm agora à sua frente o JACA com mais um ponto (ainda na zona de descida) e o Sache (mais quatro pontos) e Gondomar (mais seis pontos) já na zona de permanência. Ora, a próxima jornada reserva-nos um JACA – Coopermaia e um Sache – Gondomar, dois jogos que podem, a duas jornadas do fim, decidir quem desce e quem fica.

A terceira equipa maiata desta divisão, o Arsenal de Parada, perdeu em casa com o JACA e mantém-se no meio da tabela. Na série 1 da 1ª divisão o Recreativo de Vermoim recebeu e venceu a Juventude de Gaia por 3-1. Ficou a um ponto da subida e aumentou para seis pontos a vantagem sobre o segundo classificado, A-Ver-O-Mar, que não foi além de um empate na visita ao S. Sebastião. No sábado, quando defrontarem o Mocidade Invicta os maiatos sabem que um empate lhes garante a subida e uma vitória a presença na final frente ao Sobrado, que garantiu na semana passada a vitória na série 2. Complicada está a situação da ARDACM, recebeu e empatou com o Stº. Eugénio e está a dois pontos da linha de água que é ocupada pelo Real Senhorense, que é o adversário dos Amigos das Crianças da Maia, hoje, pelas 22h00, no Municipal da Senhora da Hora. Em caso de derrota para os maiatos pode sentenciar a descida à 2ª divisão.

Também na série 2 da 1ª divisão há uma equipa maiata com situação idêntica à ARDACM, o S. Pedro Fins que esta semana ao perder em casa com o lanterna vermelha, Águias da Areosa, permitiu que o adversário reentrasse na luta pela manutenção, e não beneficiou da derrota do Juventude do Muro para saltar para a linha de água. Assim, quando faltam três jornadas, há três equipas numa luta em que apenas uma conseguirá a manutenção, Juventude do Muro com 17 pts, S. Pedro Fins com 16 e Águias da Areosa com 14. No sábado, o S. Pedro Fins visita Penafiel para jogar com o Santiago, e em caso de vitória vai ganhar pontos também no jogo que opõem Muro a Águias da Areosa. Ainda nesta série a Juventude de Águas Santas demonstrou porque andou grande parte do campeonato a discutir a subida de divisão ao vencer o Magrelos que, juntamente com o Sobrado, já garantiram a subida à divisão de Honra.

Na 2ª divisão série 1, o Avioso S. Pedro somou mais um empate, e mais uma vez a 2 golos. Subiu um lugar na classificação, é agora 13º, mas continua envolvido na luta pela manutenção com mais quatro equipas: Ilha – 28 pts.; Avioso – 28; Contumil – 27; e na zona de descida: Arcozelo – 27; e Luso Académico – 24. Destas cinco equipas duas vão descer para a 3ª divisão, numa competição que uma superficial análise ao calendário indica muita emoção até ao último minuto da última jornada. Na série 2 Silva Escura e Lus. Pedrouços regressaram às vitórias, subindo o Silva Escura para 8º e os de Pedrouços para o 11º lugar da tabela.

Monte das Pedras categórico

O Monte das Pedras recebeu e venceu o Barranha por 3-2 e retirou assim todas as hipóteses que os matosinhenses ainda tinham de acompanhar o Chaves Futsal na subida à 2ª divisão, tal desiderato ficou agora para o Junqueira que ao vencer o Amanhã da Criança por 7-2 e beneficiando do brilharete do Monte das Pedras acompanha o Chaves Futsal no regresso à 2ª divisão. A vitória da equipa de Crestins, para além de consolidar um lugar na parte alta da tabela, afirma o Monte das Pedras como uma das equipas candidatas à subida na época 2010/2011, onde quase de certeza serão o único representante maiato nos campeonatos nacionais de futsal.