União Ciclista da Maia aposta na formação

0
149

A União Ciclista da Maia (UCM) vive um momento de indefinição. A dois níveis. Na direcção, não é certa a continuidade de Aires Azevedo, aquando das eleições previstas para meados de Novembro. Em termos desportivos, não se sabe também em que moldes se apresentará a equipa na próxima época.

O técnico da equipa maiata, Paulo Couto, não esconde o desejo de continuar o projecto dos sub-23, acrescentando em 2009 a aposta noutros escalões de formação, como os juniores e, possivelmente, uma equipa de cadetes.

Esse é também o formato que está a ser equacionado pela direcção da UCM, aliás, de acordo com as intenções do vereador do pelouro do Desporto da Câmara Municipal da Maia, Nogueira dos Santos, no sentido de “pôr mais corredores na estrada”. O presidente, Aires Azevedo, acrescenta ainda que o objectivo do autarca passa por congregar na União Ciclista tudo o que se faz na Maia ao nível desta modalidade, como é o caso da Associação de Dadores de Sangue da Maia.

O vereador Nogueira dos Santos confirma o objectivo de apostar na formação de corredores e acrescenta que isso passa também pela criação de uma academia.

Marta Costa

(Notícia a desenvolver na edição de sexta-feira de Primeira Mão)

Ouça as declarações de Aires Azevedo e Nogueira dos Santos