Valongo já tem estádio municipal

0
199

A União Desportiva Valonguense acordou do sonho. Passados 12 anos , já tem um estádio municipal em Valongo. Custou à câmara municipal um milhão e 800 mil euros e foi inaugurado esta tarde, numa cerimónia a que se seguiram dois jogos de escalões bem diferentes: juvenis e velhas guardas. O primeiro, a colocar frente a frente UD Valongo e AD Lousada. Logo a seguir, o embate entre as velhas guardas do FC Porto e da União Desportiva Valonguense.

Campo de futebol com relva artificial de nova geração e as medidas exigidas para competições oficiais, balneários, iluminação e bar de apoio. Tudo reconhecido pelo Instituto do Desporto de Portugal (IDP). A câmara juntou ainda as preocupações ambientais e da eficiência energética, ao colocar painéis solares para aquecimento das águas.

Consciente que este era um anseio da população de Valongo, o presidente da câmara municipal justificou o atraso na concretização do sonho com a definição de prioridades. Porque o dinheiro não esbanja, primeiro foram as escolas e, agora, as infra-estruturas desportivas, afirmou Fernando Melo:

[audio:PRIORIDADES_FERNANDO_MELO.mp3]

Com prioridade para as instituições da freguesia de Valongo, o recém-inaugurado Estádio Municipal de Valongo estará aberto a todos quantos o queiram utilizar: sejam clubes, munícipes ou até escolas. Até porque um dos objectivos da autarquia é fomentar a formação desportiva. Com esse mesmo propósito, o vereador do pelouro do Desporto, João Paulo Baltazar, desejou que este seja o primeiro de vários estádios municipais. E o presidente da câmara acrescentou que o próximo deverá nascer em Ermesinde., dentro de um ou dois anos.

A escolha do  local, no lugar da Outrela, é justificada com o propósito de complementar o estádio com outras valências, criando um complexo desportivo mais alargado, adiantou João Paulo Baltazar:

[audio:COMPLEXO_JOAO_PAULO.mp3]

Tudo isto a fazer por fases, porque “não há dinheiro para tudo, nem para fazer tudo de uma só vez”, sublinhou Fernando Melo. E só depois de investir nos equipamentos desportivos de outras freguesias, como Ermesinde e Sobrado. Sem esquecer as piscinas e o pavilhão de Alfena.

Marta Costa