Vida difícil para o Amanhã da Criança

0
96

Teve lugar no passado fim-de-semana a 1ª jornada da segunda volta dos campeonatos nacionais com as equipas da Maia que disputam a 3ª divisão a terem sorte e percursos muito diferentes. O Amanhã da Criança perdeu em casa do líder Chaves Futsal, por 7-2, e, se bem que tem um jogo a menos, está já a nove pontos do primeiro lugar de permanência, antevendo-se uma segunda volta terrível para os aquuisantenses, com o objectivo de conseguirem fugir à queda para os distritais.

No próximo sábado, o Amanhã da Criança recebe o ARCA de Famalicão, adversário directo na fuga à despromoção, numa partida de extrema importância para manter viva a esperança na manutenção. Já o Monte das Pedras, que trouxe de Guimarães um precioso ponto, depois de empatar a um frente ao vice-lider Contacto Futsal, ocupa um tranquilo 6º lugar com nove pontos de vantagem sobre a descida e a apenas quatro pontos do último lugar de subida. Na próxima jornada a equipa de Crestins tem um excelente teste para saber das suas capacidades de atacar a subida de divisão ao receber o líder incontestado Chaves Futsal.

Arsenal de mão cheia

A última jornada da primeira volta da divisão de Honra tinha como prato principal um derbi de Águas Santas, entre Arsenal de Parada e Académico de Sangemil. Saíram vencedores os de Parada ao aplicar uma mão cheia de golos aos academistas de Sangemil que apenas conseguiram almejar as redes do Arsenal por uma vez. Com este resultado o Arsenal de Parada colocou-se um lugar atrás do Sangemil, mas, estando ambos muito longe dos lugares de subida. Aliás, estão bem mais perto da zona de despromoção. O Sangemil está cinco pontos acima e o Arsenal apenas o correspondente a uma vitória. Na zona de despromoção está a Coopermaia, é penúltimo com os mesmos pontos que o último e na próxima jornada recebe os vizinhos do Arsenal de Parada num jogo que pode afundar ainda mais os da cooperativa ao puxar os de Parada para a zona complicada da classificação. O Sangemil visita os aflitos de “Os Romanos” em terras onde manda o mobiliário.

Na série 1 da primeira divisão, enquanto o Recreativo de Vermoim terminou a primeira volta como campeão de Inverno ao receber e vencer a Biquinha, por 6-3, mantendo a vantagem de cinco pontos sobre o segundo lugar, a ARDACM acaba a um lugar apenas sobre a descida mas com sete pontos de vantagem. Na primeira jornada da segunda volta o Recreativo de Vermoim recebe o A Ver O Mar que está no quarto lugar e luta pela subida e a ARDACM vai ao Porto defrontar o Mocidade Invicta que tem apenas mais um ponto que os maiatos. Na série 2 desta divisão a Juventude de Águas Santas perdeu na visita ao Desportivo da Boavista e termina a primeira volta em sexto lugar a quatro pontos do segundo classificado mas com um jogo a menos, ou seja, com todas as possibilidades de lutar por nova de subida de divisão.

Sorte diferente tem a outra equipa maiata desta série, S. Pedro Fins que termina o “campeonato de inverno” na zona de despromoção com apenas nove pontos mas a apenas um ponto do duo que se encontra à sua frente na classificação, Aliviada e Águias da Areosa. Na próxima ronda a Juventude de Águas Santas viaja até Jovim para defrontar o tranquilo Vilar Futsal enquanto o S. Pedro Fins recebe o Arreigada em jogo que os pode catapultar para fora da zona de despromoção. Na 2ª divisão com as equipas da Maia também divididas por duas séries a melhor prestação tem sido da Lusitana de Pedrouços que inclusive chegou a andar algumas jornadas no topo da classificação, vindo a perder gás no novo ano, onde ainda não ganhou e caindo assim para o 7º lugar a quatro pontos do último lugar de subida na série 2, onde o Silva Escura terminou a primeira volta da melhor forma ao vencer em Rebordosa o Dínamo 80 por 3-1 e colocando-se assim num tranquilo 9º lugar com 19 pontos a três do vizinhos de Pedrouços. Na série 1 o Avioso S. Pedro está a realizar um campeonato bem mais tranquilo que as duas últimas épocas, ocupa o meio da tabela depois de ter sido batido em casa pelo vice e histórico da modalidade Miramar e hoje recebe em Moreira a partir das 22h30 o actual líder Amigos da Cave 94.

Na 3ª divisão a ARDACM “B” somou nova derrota e continua no penúltimo lugar com apenas 11 pontos, enquanto o Académico de Pedras Rubras mostrou nesta jornada ao vencer em Gondomar o Juventude local, por 3-0, que o empate a quatro na jornada anterior em casa do Salgueiros não foi por acaso. Nos campeonatos femininos o Clube Amigos de Corim continua a meio da tabela da primeira divisão depois de na passada jornada ter perdido em casa frente ao muito reforçado de Natal, União S. Mamede, por 4-1, e tem no próximo sábado um jogo que pode permitir em caso de vitória um passo de gigante pela permanência, quando visitar a Vila das Aves para jogar com o Clube Desportivo local.

Jovens: Parada marcou já 126 golos

A Associação Desportiva e Recreativa de Parada que abandonou há duas épocas o futsal sénior federado está a dar cartas nos campeonatos para jovens, mais precisamente no escalão de Iniciados onde lidera a série 2 da 2ª divisão da Associação de Futebol do Porto. Na passada semana começou da melhor forma a segunda volta do campeonato ao golear em Águas Santas a União de Paredes por 10-1, depois de na primeira volta ter ganho em Paredes por 17-2!!!.., somando agora a bonita marca de 126 golos marcados, numa média extraordinária de mais de sete golos por jogo, contra apenas 22 sofridos. Dos 17 jogos disputados os jovens de Parada venceram 16 e apenas perderam um na visita ao Santa Cruz e graças a esta excelente performance à entrada para a segunda jornada da 2ª volta têm mais sete pontos que o segundo classificado, União da Bela. Na próxima jornada deslocam-se até Valbom para defrontar os Leões Valboenses, adversário que na primeira volta foi uma das duas equipas, a outra foi a União da Bela, que não saiu goleada de Águas Santas, perdendo, tal e qual como a equipa da Bela, por 4-3.

Ainda nesta série deste escalão participam mais três equipas da Maia, o Académico de Sangemil que é 6º com 29 pontos, os Restauradores do Brás-Oleiro que é 12º com 17 pontos e o Cultural de Ardegães que tem 13 pontos e ocupa a posição 14.