Administrador executivo deixa Efacec

0
152
Efacec (imagem de arquivo)

A Efacec confirmou à agência Lusa, na quarta-feira, a saída de Rui Lopes da Comissão Executiva e do Conselho de Administração da empresa.

A saída de Rui Lopes “em nada altera o foco da liderança da empresa, que prossegue a sua estratégia e compromisso para a entrega de resultados e para a consolidação do valor económico-social da Efacec em Portugal e no mundo”, afirmou, em resposta à Lusa, fonte oficial da Efacec.

A mesma fonte notou que a entrada e saída de colaboradores “faz parte da normalidade da vida das empresas em mercados competitivos e dinâmicos”.

O semanário Expresso tinha noticiado, na tarde de quarta-feira, a demissão do administrador executivo, que não quis avançar os motivos que levaram a esta decisão.

O Conselho de Ministros aprovou, em julho, o decreto de lei para nacionalizar “71,73% do capital social da Efacec”, uma empresa nacional que “constitui uma referência internacional em setores vitais para a economia portuguesa”.

Este processo decorre da saída de Isabel dos Santos, filha do ex-Presidente angolano José Eduardo dos Santos, do capital da Efacec, na sequência do envolvimento do seu nome no caso “Luanda Leaks”.