Bricor abre maior loja em Vila do Conde

0
256

O primeiro BriCor, insígnia de bricolage, jardinagem e decoração do El Corte Inglés, abre esta sexta-feira, 1 de Julho, ao público, no Parque Comercial Nassica, em Vila do Conde. É considerada a maior loja do grupo na Península Ibérica e a maior loja da especialidade em Portugal. Representa um investimento de 15 milhões de euros.
O novo espaço tem uma área comercial de cerca de 12 mil metros quadrados onde será disponibilizado um novo conceito para construir, reformular, reparar e decorar a casa. “O cliente da Bricor pode optar ou por realizar a sua comprar, ou pode optar por um serviço integral, um serviço a que nós chamamos ‘chave na mão’, em que auxiliamos o nosso cliente desde a escolha de materiais de construção, a conjugação entre eles, a decoração e a execução”, enumera o director de loja, Nuno Mota.

E na loja Bricor, assegura o responsável, pode encontrar todos as áreas, todos os complementos desde a entrada da casa, à iluminação, aos cortinados, passando pelo wc, pela cozinha, pelo jardins e ainda “pelos pequenos miminhos, pequenos detalhes, como é o caso das plantas e dos animais de estimação”.
O novo espaço vai ainda permitir a criação de 130 postos de trabalho directos, 95 por cento dos quais são da região. “Quando falo que são da região, estamos a dizer que não tomam mais de 30 minutos para se deslocar ao seu local de trabalho”, explica Nuno Mota.
A Bricor pretende ainda contribuir para o desenvolvimento local, por isso, dos mais de 700 fornecedores, 70 por cento são nacionais.

A proximidade com outras ofertas de mercado não preocupa o responsável pelas relações externas do El Corte Inglés. De acordo com Pedro Barbosa o perfil geográfico do cliente Bricor está traçado e serão clientes de dois eixos distintos. “Por um lado teremos o eixo de Interior e Norte em cidades como Vila do Conde, Póvoa, Esposende, Barcelos, Famalicão, Santo Tirso, ou seja, teremos um conjunto de potenciais clientes que não têm hoje oferta deste tipo, será uma novidade para eles e, depois, teremos em complemento, no Grande Porto, ou pensamos ter, muitos clientes não só pela dimensão da loja mas pelos factores diferenciais que ela tem face ao que existe no mercado”.

Pedro Barbosa acrescentou ainda que o Grupo El Corte Inglés faz investimentos de longo prazo, “investimentos tanto sóbrios como sólidos e pensados a longo prazo”. Portanto, consideramos que este investimento é um investimento seguro e com retorno”.
A Bricor está a estudar outros locais em Portugal tendo em vista a expansão, no entanto, este responsável adianta que ainda não está “defina nenhuma loja para expansão”.

Isabel Fernandes Moreira