Câmara da Maia faz balanço positivo da abertura dos hipers aos domingos à tarde

0
123

“A abertura das grandes superfícies comerciais da Maia ao domingo e feriados não teve, por agora, reflexos negativos no nosso comércio tradicional – não se está a notar um decréscimo do número de lojas nem encerramentos nem uma diminuição substancial do número de licenças solicitadas (para além daquelas que se reflectem fruto da actual conjuntura económica). Em suma, de momento e após estes primeiros meses, o balanço continua a ser positivo”.

Num total de1600 caracteres, cinco parágrafos e quatro pontos que a Câmara da Maia apresenta sua análise do que têm sido os primeiros dois meses e meio de abertura de grandes superfícies às tardes de domingo e feriados.

No comunicado, a autarquia diz fazer um balanço positivo “desta nova realidade”, como se comprava “pelo crescimento do número de clientes”, que permitiu melhorar a actividade económica das lojas dos respectivos centros comerciais e zonas limítrofes. Além do mais, fomentou a criação de postos de trabalho.
No mesmo documento, a edilidade garante que não houve “reflexos negativos” no comércio tradicional, sustentando a afirmação no facto de não se notar um decréscimo do número de lojas, nem encerramentos, nem uma “diminuição substancial do número de licenças solicitadas”.