Exportações da Maia crescem mais de 14 % em novembro

0
143

Últimos números divulgados pelo INE dão conta que a exportações da Maia crescem, em contraciclo com o país.

As exportações de bens e serviços com origem na Maia, no passado mês de novembro (última estatística disponível), somaram 144,39 milhões de euros, o que representa um crescimento de 14,53% (mais 18,4 milhões) relativamente ao mesmo mês do ano de 2019.

Dos grandes concelhos exportadores, apenas Setúbal acompanha a Maia no crescimento da sua faturação ao exterior, porém com um aumento mais modesto de 3,29 milhões de euros. Lisboa, por seu lado, registou em novembro uma quebra superior a 137 milhões de euros, relativamente ao período homólogo de 2019 enquanto as perdas do Porto superaram os 6%.

Braga foi o concelho que mais afundou entre os grandes exportadores, com menos 45 milhões de euros de faturação ao exterior (perda de 25%).

Famalicão e Guimarães, também em perda, conseguiram, porém, conter as quedas em valores inferiores a 5%.

No cômputo geral do país, as exportações em novembro de 2020 caíram 0,4%, em relação ao mesmo mês de 2019.