Grupo 2000 investe em Angola, com primeira fábrica fora de PortugalGrupo 2000 investe em Angola, com primeira fábrica fora de Portugal

0
259

O dia de amanhã, 18 de Setembro, será marcante para o Grupo 2000, que integra as empresas Tintas 2000, Tintas Marilina e Ambrósio & Filha. O grupo empresarial familiar vai assinalar três datas históricas: os 80 anos das Tintas Marilina, os 30 anos das Tintas 2000 e os 15 anos da Ambrósio & Filha, com uma festa no Europarque de Santa Maria da Feira, com mais de dois mil convidados. E vai aproveitar o momento para falar do futuro, dando a conhecer os planos do grupo empresarial, que passam pela aposta no mercado de Angola. É neste país que o grupo vai abrir a sua primeira fábrica fora de Portugal, que terá uma capacidade estimada de produção de cerca de cinco toneladas, cerca de um terço da capacidade de produção actual de todo o grupo.

Apesar do cenário de crise, o grupo respira saúde. Prova disso são os mais de 15 milhões de euros de facturação que atingiu em 2009, o melhor ano de sempre. Para além do aumento da rentabilidade e dos resultados líquidos, as três empresas do grupo registaram um crescimento das exportações em cerca de 24 por cento. Valores que deverão ser ultrapassados em 2010. De acordo com o comunicado do grupo, “os valores atingidos em 2010 indicam que este ano, será novamente de crescimento”.

As vendas ao sector da Construção Civil representam 55 por cento do total da facturação, cabendo ao sector do Mobiliário 30 por cento e a Metalomecânica 15 por cento.
O Grupo Tintas 2000 é, actualmente, um dos cinco maiores fabricantes de tintas e vernizes em Portugal. Nas suas três unidades fabris, na Maia e Paredes, emprega 200 pessoas. Está presente em Angola, Gâmbia, Nigéria, Espanha, Trinidad e Tobago, Guiné Equatorial, S. Tomé, Cabo Verde, Moçambique, Líbia e Sudão.

FA