Maia debateu o futuro da economia (vídeo)

0
151

“Que perspectivas para a economia portuguesa?” era a interrogação colocada na conferência organizada pelo PSD Maia, que aconteceu na passada sexta-feira à noite, no auditório do Parque de Ciência e Tecnologia da Maia (TECMAIA). Uma questão que suscitou interesse e cuja resposta coube a António Nogueira Leite. A provar esse mesmo interesse estava uma plateia completamente repleta, com “direito” a muitos lugares em pé. Segundo vozes da organização, não se via tanta gente naquele auditório desde a inauguração do mesmo, há exactamente dois anos, com a presença do Presidente da República, Cavaco Silva.

Como medidas necessárias à economia nacional, António Nogueira Leite considerou provável o avanço da diminuição da taxa social única, de forma a que “os custos de trabalho para as empresas sejam mais baixos”. A medida hipotética surge também na sequência de um necessário aumento de competitividade do tecido empresarial português, que tem na exportação o futuro, no entender do economista. Porque “o país não pode continuar neste modelo de betão e das grandes obras públicas”, considera António Nogueira Leite, e diz que as grandes alterações vão passar pela ênfase ao sector exportador e na possibilidade de criação de riqueza das empresas em laboração “para pagar os encargos em que já incorremos com o exterior”.

“A subida de impostos vai criar muitos problemas”

“Estamos aqui numa zona onde a política do governo vai continuar a criar maior divergência em relação às zonas mais ricas”, diz António Nogueira Leite, em alusão ao pacote de austeridade anunciado a semana passada pelo executivo. “Queremos saber o que é que o governo vai fazer para que esta zona possa prosperar, e não é certamente com o aumento de impostos”, acrescenta.

Agora, é tempo para o Primeiro-ministro prestar contas aos portugueses. Quer António Nogueira Leite saber “o que fez o senhor Primeiro-ministro com o esforço adicional que lhe confiamos. E enquanto isso não acontecer, o senhor primeiro-ministro não vai ter outra conversa”, remata o economista. A palestra seguiu para uma plateia cheia e atenta, onde se debateu o futuro e os desafios da economia nacional. O debate foi moderado pelo administrador do TECMAIA, António Tavares.

Perfil

António Nogueira Leite é Professor Catedrático na Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa. É tido como reputado comentador na área da economia e finanças. Nos últimos meses, esteve em destaque devido ao papel fulcral desempenhado nas negociações do PEC em representação do PSD. É também um dos principais conselheiros de Pedro Passos Coelho. No mundo da política, surge como um possível “candidato” ao lugar de Ministro das Finanças e/ou da Economia, de um possível governo liderado por Pedro Passos Coelho, embora já se tenha confessado que o papel de ministro não está nos seus horizontes.

Pedro Póvoas