Maia é o 4º concelho com mais insolvências no distrito do Porto

0
272
imagem de arquivo
- Publicidade -

Esta é uma das principais conclusões do estudo da InfotrustGO, uma das maiores fontes de informação empresarial e de risco em Portugal. Em causa está a dinâmica do concelho da Maia ao nível das insolvências, encerramentos e constituições de novas empresas no primeiro trimestre dos últimos cinco anos.

No contexto do distrito do Porto, registaram-se 53 insolvências na Maia, só ficando atrás de Felgueiras (56), Vila Nova de Gaia (85) e do concelho do Porto (148).

Dentro deste período, os setores de atividade mais afetados foram as Indústrias Transformadoras com 14 insolvências, seguidas do Comércio a Retalho (11), do Comércio por Grosso e Serviços, ambos com sete insolvências.

No entanto, nos últimos cinco anos, o concelho da Maia tem registado um decréscimo no número de insolvências. No primeiro trimestre de 2017 foram contabilizadas 16 insolvências, ao passo que no período homólogo de 2021, esse número caiu para metade (8). Apesar do atual contexto pandémico, este não se refletiu no crescimento das insolvências.

Mais uma vez, e ao contrário do que se podia prever com a atual pandemia, observaram-se menos 22.4% encerramentos entre o primeiro trimestre de 2020 e o período homólogo de 2021. Aliás, nos últimos cinco anos, foi no primeiro trimestre de 2018 que fecharam mais empresas (184), três vezes mais das extinções registadas no período homólogo de 2021.

Criação de Novas Empresas cai 45% nos últimos dois anos na Maia

Até ao primeiro trimestre de 2019, a criação de empresas seguia uma tendência de crescimento significativo no concelho da Maia. No entanto, ainda antes da pandemia chegar a Portugal, já se registava um decréscimo de 36.84% na constituição de novas empresas, contexto que piorou no período homólogo de 2021, altura em foram criadas apenas 136 empresas.

Embora a redução não seja tão significativa, esta tendência também se observa ao nível do distrito do Porto.

(Artigo baseado no estudo realizado pela InfotrustGo, empresa portuguesa fornecedora de soluções de informação para negócios.)

- Publicidade -