As eleições autárquicas e o desastre do PS Maia (Breve reflexão)

4
102

Sem projecto político, com uma liderança prepotente que desuniu e dividiu o Partido, sem dinâmica mobilizadora, sem apoiar as Freguesias, com atitudes politicamente desonestas, sem capacidade de intervenção nos “Media”, sem uma única intervenção política de crítica à Câmara Municipal, a dupla Luís Rothes/Mário Gouveia estava à partida derrotada.

Alguém apregoava que a Maia precisa de novos rostos, novos protagonistas, novos projectos…

A realidade foi bem cruel, pois os resultados foram catastróficos. Os piores dos últimos 25 anos.

Os eleitores não perdoaram que se esquecessem que o PS tem memória e obra feita!

Arrivistas com projectos pessoais, de cargos, ordenados e penachos não foram aceites pelos votantes Socialistas.

Não convenceram ninguém.

Mas pasme-se, houve gritos de alegria da JS na noite eleitoral!

Será porque estão em massa na lista da Assembleia Municipal?

Às tantas até vão apresentar uma moção de confiança.

Vamos confiar nos coveiros do PS Maia, rumo ao futuro, que será auspicioso? Seremos todos masoquistas?

Claro que houve Freguesias onde se trabalhou devotadamente, mas a ausência duma dinâmica Concelhia, duma liderança e dum projecto político deitaram tudo a perder.

E agora? Agora demitam-se, tenham ao menos laivo de vergonha! Assumam a derrota como fez o líder do CDS.

Finalmente mas muito importante, o PS disputou eleições nas melhores condições dos últimos 30 anos.

Houve lista forte do CDS com campanha agressiva que dividiu a Tradicional AD no Concelho, e a vitória do PS 15 dias antes nas legislativas era um factor catalisador formidável.

Com a AD o PS meteria apenas o cabeça-de-lista.

É mau demais para engolir.

Tenham vergonha e dêem lugar aos outros.

Terá existido uma agenda oculta nesta eleição?

O PS precisa de uma vaga de fundo, de um autêntico Tsunami democrático que varra a mediocridade e o nepotismo pessoal.

Os militantes e votantes PS estão em período de nojo. Nós também.

José Sócrates merecia melhor

PS – Alguém ouviu Bragança Fernandes atacar Mário Gouveia na campanha eleitoral, ou vice-versa?

Gabriel Almeida

Militante da JS

4 COMENTÁRIOS

  1. Dou-lhe os meus parabéns pelo seu artigo de opinião. Concordo com ele tentando ser imparcial na análise política que faço apesar de não concordar com os seus ideais.

Comments are closed.