Ana Silva de 26 anos candidata-se pelo BE à Câmara de Santo Tirso

0
166
Ana Isabel Silva candidata do BE à Câmara de Santo Tirso_foto cedida pela candidata
- Publicidade -

Ana Isabel Gouveia Silva, 26 anos, é a candidata do BE à Câmara de Santo Tirso, nas próximas eleições Autárquicas.

Nasceu e viveu toda a vida em Santo Tirso. Frequentou as Escolas São Rosendo e Tomaz Pelayo, tendo durante o seu percurso realizado projetos de intercâmbio na Alemanha e República Checa. Foi também representante portuguesa no Parlamento Europeu dos Jovens nos Países Baixos. Foi jogadora de voleibol durante vários anos no Ginásio Clube de Santo Tirso.

É licenciada em Bioquímica pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e mestre em Neurobiologia pela Faculdade de Medicina da mesma Universidade. Atualmente é investigadora no i3s, Universidade do Porto, onde estuda as alterações que as drogas de abuso provocam no cérebro e que levam à adição. O seu trabalho foca-se na criação de novas terapias para tratar esta patologia. Tem sido uma ativista pelo fim da precariedade na Ciência.

Durante o últimos anos, tem percorrido todo o território do concelho, desde as várias freguesias e vilas, de forma a ouvir e testemunhar o que realmente falta fazer pelas pessoas que cá vivem e merecem ter voz. É atualmente membro da Comissão Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda e foi candidata às legislativas nas listas do Bloco no distrito do Porto. Este nome foi escolhido pelos aderentes do concelho e aprovado pela comissão coordenadora distrital.

O Bloco candidata-se a Santo Tirso pela primeira vez, com o objetivo de renovar a política no concelho.

«Esta candidatura procura representar todos aqueles que ambicionam um futuro diferente e compromete-se no combate à crise económica que será agravada pela Covid e na luta por mais transparência. Queremos uma cidade com cultura e que respeite o ambiente e os animais. Um concelho que projeta os trabalhadores e os seus direitos. Que garanta uma rede de transportes públicos que cubra eficazmente todo o território e tenha uma oferta de habitação acessível a todos. Queremos um concelho que incentive os jovens a ficar e que sirva os tirsenses», refere a distrital do BE em nota de imprensa.

- Publicidade -