António Zambujo gravou dueto com Gal Costa

0
211
António Zambujo
António Zambujo (foto de Rita Carmo)
- Publicidade -

O músico português António Zambujo gravou um dueto com a brasileira Gal Costa, que irá fazer parte de um álbum que assinala os 75 anos da cantora, a ser editado em fevereiro.

A nova versão de “Pois é”, tema com composição de Tom Jobim e Chico Buarque, gravado originalmente por Gal Costa no álbum “Água Viva” (1978), foi hoje partilhada nas contas oficiais de António Zambujo, nas redes sociais Facebook e Instagram.

A acompanhar a partilha, o músico escreveu que “cantar com a Gal é cantar com uma lenda”. Para António Zambujo, este dueto é “um sonho tornado realidade, cantando uma música de Tom e Chico”. “Melhor é impossível”, acrescentou.

Com o nome provisório “Gal75”, o álbum inclui dez duetos de regravações de temas da cantora, vindos dos mais de 50 anos de carreira.

Hoje, além de “Pois é”, foi também divulgada a nova versão de “Só Louco”, tema composto por Dorival Caymmi, que Gal gravou originalmente em “Gal canta Caymmi” (1976).

Para fazer dueto com ela em “Só Louco”, Gal Costa escolheu o cantor brasileiro Silva.

Em novembro, tinham sido divulgados os duetos com Rodrigo Amarante, “Avarandado”, e Zeca Veloso, “Nenhuma Dor”.

Os dois temas fazem parte de “Domingo” (1967), o primeiro álbum que Gal Costa gravou com Caetano Veloso.

Por divulgar estão ainda os duetos com os cantores brasileiros Criolo, Rubel, Seu Jorge, Tim Bernardes e Zé Ibarra, e com o uruguaio Jorge Drexler.

De acordo com a Globo, o álbum comemorativo do 75.º aniversário de Gal Costa, idealizado pelo produtor Marcus Preto, será editado em 12 de fevereiro.

- Publicidade -