Clientes de restaurante fugiram da PSP para um túnel de 50 metros mas foram apanhados e autuados na mesma

0
172
imagens PSP

Mais um escândalo no incumprimento das regras do Estado de Emergência aconteceu em Camarate.

Vários clientes de um restaurante em Camarate tiveram de ser resgatados de um túnel de águas pluviais, quando fugiam de uma fiscalização da PSP.

Elementos de um grupo tentavam escapar a uma fiscalização da PSP, mas acabaram bastante molhados e autuados na mesma.

Pelas 14h30 horas, a PSP de Loures efetuou uma ação de fiscalização a um estabelecimento de um grupo recreativo em Camarate, que se encontrava a funcionar indevidamente como estabelecimento de restauração e similar.

A PSP não conseguiu chegar à fala com o responsável nem com clientes, até que se apercebeu que, de repente, várias pessoas “começaram a fugir pelas traseiras do estabelecimento, em direção um túnel de escoamento de água”, relata a PSP.

O túnel tinha uma extensão considerável, não sendo possível visualizar a sua extensão para além dos 10 metros, tanto pela inexistência de luz, como por curvas que o referido túnel tem.

O objetivo dos fugitivos seria atingir a saído do túnel, a cerca de 50 metros de distância, junto a um ribeiro que desagua no rio Trancão.

A PSP acabou por accionar os Bombeiros de Camarate. Ainda assim, dois agentes entraram no túnel e encontraram os infratores, no túnel, bastante molhados mas sem ferimentos. Saíram sem oferecer resistência e recusaram auxílio médico dos bombeiros.

Os infratores foram todos identificados e autuados no âmbito das medidas Covid19 em vigor, bem como o estabelecimento em causa.