Covid19: hoje registam-se 6.472 infetados e 62 mortos

0
115
covid19

Portugal registou, em 24 horas, 62 vítimas mortais e 6.472 novas pessoas infetadas com o novo coronavírus, de acordo o boletim epidemiológico da DGS.

Os dados divulgados hoje mostram que o número de óbitos passou de 3.762 para 3.824, enquanto que os casos confirmados aumentaram de 249.498 para 255.970.

De realçar ainda que o número de pessoas recuperadas também aumentou em 6.379 para 169.379.

Presidente da República decretou ontem a renovação do estado de emergência em Portugal por mais 15 dias. Marcelo Rebelo de Sousa anunciou que esta decisão tem efeitos dia 8 de dezembro, antecipando ainda uma terceira vaga da doença entre janeiro e fevereiro. Após este anúncio, António Costa anuncia hoje às 18h00 as medidas concretas do Estado de Emergência.

O primeiro-ministro deverá revelar quais são os concelhos mais afetados e que terão medidas mais específicas.

O Ministério da Saúde corrigiu o número de surtos em escolas avançado pelo secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, na conferência de imprensa de balanço da situação epidemiológica no país.

“Por lapso”, Lacerda Sales adiantou que havia 477 surtos ativos em escolas, desde creches a universidades, mas os surtos em estabelecimentos de ensino são apenas 68, descartando assim a antecipação das férias de Natal.

Portugal está preparado para comprar 16 milhões de doses de três vacinas contra a COVID-19. As primeiras doses deverão chegar em janeiro, mas os especialistas alertam para os problemas de armazenamento e distribuição.

Desde o início da pandemia em Portugal, em março, até outubro, o SNS perdeu 842 médicos, entre especialistas e internos. São dados do Portal da Transparência do SNS que revelam a dimensão deste saldo negativo numa altura em que as necessidades de médicos dispararam por causa da pandemia.

Entretanto, a ERS avisou que os chamados testes rápidos de diagnóstico da COVID-19 só podem ser realizados por profissionais de saúde habilitados.