Covid19: pico da 2ª vaga é para a semana (entre 25 e 30 novembro)

0
134
covid19 1500x1000

As reuniões sobre a evolução da pandemia em Portugal no Infarmed foram retomadas hoje. De acordo com o epidemiologista Manuel Carmo Gomes, o país vai atingir o pico de casos da segunda vaga entre 25 e 30 de novembro e o de óbitos na segunda semana de dezembro.

No encontro foi também divulgado que 25% dos portugueses não cumpre o distanciamento de dois metros recomendado pelas autoridades de saúde. 

A ministra da Saúde revelou ontem que um terço das pessoas internadas nos hospitais devido à COVID-19 tem entre os 40 e os 69 anos, 4% dos doentes têm menos de 40 anos e 63% são doentes com mais de 70 anos.

Marta Temido, que falava na conferência de imprensa da DGS, anunciou ainda que serão conhecidos em dezembro os grupos prioritários a serem vacinados contra a doença, cuja vacina poderá chegar em janeiro.

Os profissionais do SNS não podem sair enquanto durar o estado de emergência, caso se considere que são essenciais para assegurar a resposta das unidades em que trabalham. A medida está estabelecida num despacho do Ministério da Saúde, que já está a ser alvo de contestação.

Até ao momento a DGS ainda não comunicou o número de casos mais recente, pelo que os números conhecidos se mantêm nos 236.015 casos de infeção e 3.632 mortes por coronavírus. Já o número de pessoas recuperadas mantém-se nos 153.702.