Covid19: Vacinação em massa será nos meses de verão

0
207
imagem Tânia Ramos CMM
- Publicidade -

A falha nas entregas de vacinas contra a COVID-19 vai atrasar a vacinação de mais um milhão de portugueses, cuja inoculação estava inicialmente prevista até ao final de março.

A inoculação em massa deverá concentrar-se nos três meses de verão, período em que poderão ser administradas oito milhões de doses da vacina. A informação foi dada por António Costa, depois da aprovação do novo Estado de Emergência, onde defendeu que este não é o momento para se começar a discutir um desconfinamento, apelando a que ninguém tome os “bons resultados” como um sinal para aligeirar as medidas adotadas.

Também os diretores de serviços de doenças infeciosas dos maiores hospitais do país sugerem ao Governo que prepare um plano e adote medidas robustas.

O diretor de serviço de medicina intensiva do Hospital de São João, já veio defender a manutenção do confinamento até 21 de março, uma medida que deve ser acompanhada de uma testagem “robusta”, sugerindo 50 vezes mais testes do que os casos diagnosticados.

A DGS publicou, entretanto, a nova Estratégia Nacional de Testes que indica que vão haver rastreios laboratoriais regulares, com testes rápidos, por exemplo, nas escolas com estudantes do ensino secundário e nos lares de idosos

- Publicidade -