Dois novos casos de ‘legionella’ diagnosticados no Grande Porto

0
222
imagem SNS

Mais duas pessoas foram esta terça-feira diagnosticadas com legionella na região do Grande Porto, elevando para 87 o número de casos identificados desde o início do surto, confirmou fonte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte).

Um dos pacientes deu entrada no Centro Hospitalar da Póvoa de Varzim/Vila do Conde, onde estão agora internadas duas pessoas, das 29 que receberam assistência na unidade, onde se registou duas mortes.

O outro caso foi diagnosticado no Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, que verificou uma diminuição nos internamentos, que agora são nove, entre as 48 pessoas que deram ali entrada com a doença, tendo se registado sete óbitos.

No Hospital de São João, no Porto, que já recebeu 10 pessoas com legionella, continuam internadas três pessoas, sendo que uma está em enfermaria e duas na unidade de cuidados intensivos.

No total, desde o início do surto, em 29 de outubro, 87 pessoas dos concelhos de Matosinhos, Vila do Conde e Póvoa de Varzim contraíram legionella, 14 continuam internadas, e nove morreram devido a complicações associadas a doença.