GNR identifica dono de restaurante que recebeu comício de Ventura

0
214
imagem sapo.pt (Arquivo)

O proprietário do restaurante que recebeu, ontem, em Braga, o jantar-comício do candidato presidencial de André Ventura foi identificado pela GNR.

Num comunicado divulgado esta segunda-feira sobre o evento que aconteceu ontem no restaurante Solar do Paço, ao abrigo do decreto que regulamenta o novo estado de emergência, a GNR esclareceu que esteve a acompanhar a realização da ação de campanha, “procurando, nomeadamente, acautelar a manutenção da ordem pública, o que veio a ocorrer”.

“No final do evento, apurou-se a participação de cerca de 170 pessoas, onde foram servidas refeições, tendo como tal o proprietário do estabelecimento sido identificado por forma a ser elaborado o respetivo expediente e envio para Ministério Público do Tribunal Judicial de Braga, para apuramento de eventuais ilícitos que se possam ter verificado”, informa a Guarda, na nota.

O recinto em causa é um espaço de 450 metros quadrados sem ventilação e, de acordo com a RTP, a Administração Regional de Saúde do Norte não teria dado luz verde à realização da ação de campanha nestes moldes.

“Todos os eventos que estamos a realizar são feitos através das distritais, que contactam a Direção-Geral de Saúde (DGS), com os dados e o cumprimento de todas as regras de distanciamento, das mesas e dos lugares nas mesas”, reagiu o diretor de campanha, mandatário nacional de André Ventura e membro da direção nacional do Chega, Rui Paulo Sousa.

O certo é que a RTP na reportagem transmitida hoje confirma que a DGS não deu autorização para a ação e que comunicou o facto à GNR para fiscalização. a Guarda não proibiu nem interrompeu o jantar.

No final um carro da Antena 1 foi vandalizado.