Governo só avalia novas regras de desconfinamento no dia 1 de abril e já é proibido circular entre concelhos desde as 00h00 de hoje

0
232
- Publicidade -

O Governo anunciou hoje o prolongamento das atuais regras em vigor no plano de desconfinamento e que só vai definir as regras após a Páscoa na próxima semana, no dia 1 de abril.

Numa conferência de imprensa após o Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva adiantou também que Portugal está neste momento com uma incidência acumulada a 14 dias de 67,7 casos por 100 mil habitantes e um índice de transmissão (Rt) de 0,81.

A ministra da Presidência pediu hoje aos portugueses para que mantenham durante o período da Páscoa “um desconfinamento a conta-gotas, lento e cauteloso” para garantir que as restantes fases se concretizem a partir de 5 de abril.

A ministra avançou que “a regra nesta Páscoa é de prosseguir um desconfinamento a conta-gotas, lento e cauteloso para se poder continuar a garantir o que estava previsto” no combate à pandemia de covid-19.

Proibido circular entre concelhos entre hoje e 5 de abril

Destacou a continuidade da proibição de circulação entre concelhos já em vigor e até dia 5 de abril, lembrando que o facto de o país se encontrar na ‘zona verde’ da matriz apresentada pelo primeiro-ministro, António Costa, em 11 de março, no plano de desconfinamento, “não quer dizer que estejamos livre e que todas as atividades estejam abertas”.

A circulação entre concelhos em Portugal continental está proibida desde as 00:00 desta sexta-feira e as 05:00 de 05 de abril, a segunda-feira após a Páscoa, no âmbito do estado de emergência para combater a pandemia de covid-19.

A proibição de circulação entre os 278 municípios do continente vai ser aplicada neste período da Páscoa diariamente, segundo o plano de desconfinamento a “conta-gotas” apresentado pelo Governo em 11 de março e que começou a ser aplicado na semana passada.

A medida pretende “garantir que a Páscoa não é um momento de deslocação e de encontro, mas, pelo contrário, mais um momento de confinamento”, justificou o primeiro-ministro, António Costa, na apresentação do plano.

Inicialmente, a proibição de circulação entre territórios municipais tinha início às 20:00 de hoje, mas uma declaração de retificação publicada em Diário da República antecipou a entrada em vigor para as 00:00.

Para que a proibição de circulação entre concelhos seja aplicada em todo o período da Páscoa, o parlamento aprovou na quinta-feira o 14.º estado de emergência, que entrará em vigor às 00:00 de 01 de abril e terminará às 23:59 de 15 de abril.

- Publicidade -