Há cada vez mais lampreia capturada no Douro e registada em Ribeira de Abade

0
256
foto de cm-gondomar.pt

Este ano, a época de pesca da lampreia e do sável não teve início, devido ao decréscimo da atividade da restauração provocado pela situação pandémica atualmente vivida. O ano de 2020 foi também atípico para esta atividade que se viu forçosamente interrompida face ao confinamento declarado em meados de março.

Ainda assim, dados do Posto de Controlo e Registo de Pescado de Valbom mostram que, de 16 de janeiro a 18 de março de 2020, em apenas 37 dias de atividade, foram capturadas 1913 lampreias, o que significava já um aumento de 23,1% relativamente ao mesmo período do ano anterior. Este era um forte sinal de que o ano de 2020 estava a ser bastante positivo no que diz respeito ao número de lampreias capturadas.

Das capturas realizadas até 18 de março de 2020, aquando do início do confinamento, o valor bruto das vendas era superior a 41 mil euros, o que evidencia um aumento de 22,7% relativamente ao ano anterior (em 2019, de janeiro a março, o posto apresentava mais de 33 mil euros em vendas brutas). Mais um sinal de que o ano de 2020 estava a ser positivo também no que diz respeito ao valor das vendas – valor influenciado pelo aumento de captura de lampreias e não pelo preço médio por lampreia (esse foi até inferior uns cêntimos comparativamente ao preço médio por lampreia em 2019).

Localizado em Ribeira de Abade, o Posto de Controlo e Registo de Pescado de Valbom é fruto de uma parceria entre os pescadores, o Município de Gondomar, a Docapesca e a Vianapesca.