Homem apanhado a capturar aves no concelho de Matosinhos

0
154
imagem GNR

O Comando Territorial da GNR do Porto, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Matosinhos, no dia 4, deteve um homem, de 28 anos, por captura ilegal de aves, no concelho de Matosinhos.

No âmbito de várias denúncias a informar que um homem se dedicava à captura ilegal de aves, no concelho de Matosinhos, os militares da Guarda realizaram diligências policiais que culminaram na detenção do suspeito, enquanto aguardava a aproximação das aves nas armadilhas montadas.

Para o efeito, o suspeito utilizava um sistema de som através de autorrádio, que, conectado a uma bateria, emitia sons semelhantes à ave chamariz, de nome científico “Serinus serinus”.

Recorria ainda a variadas armadilhas, como redes e alçapões de captura.

Além da detenção, foi apreendido o seguinte material: 17 lugres, de nome científico “Carduelis spinus”; Um travesso; Seis chamarizes, de nome científico “Serinus serinus”; Um sistema de som artesanal; Diversas gaiolas e redes de captura.

As aves, apreendidas no decorrer da ação policial, ao abrigo da Convenção do Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção (CITES), foram  entregues no Parque Biológico de Vila Nova de Gaia, para efeitos de exames médico-veterinário e posterior libertação ao seu habitat natural.

O detido, com antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime, punível com uma pena de prisão até dois anos, foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Matosinhos.