Idosos do Lar do Comércio de Matosinhos gravam “Histórias do Lar”

0
149
imagem SIC
- Publicidade -

Os idosos do Lar do Comércio, em Matosinhos, decidiram gravar “podcasts” com as suas histórias de vida para comunicar com o exterior, num contexto de pandemia Covid-19, que lhes “rouba” os beijos, os abraços e as visitas dos familiares.

Estas histórias gravadas em áudio e publicadas na internet duram cerca de dez minutos e relatam, na primeira pessoa, as histórias de amor, de viagens, de filhos ou de situações caricatas daqueles que moram no lar.

O primeiro episódio foi divulgado a 13 de fevereiro, Dia Mundial da Rádio, e teve como protagonista Maria Alice, de 90 anos e meio, dos quais 17 a viver na instituição. Quando lhe propuseram gravar um “podcast”, Maria Alice, que “esteve para ser apresentadora da RTP”, nunca tinha ouvido falar em tal.

Maria Alice, que há anos recusou um convite para ser locutora da RTP por temer ser reconhecida na rua e ter “imensa vergonha”, ouviu-se como ainda não se tinha ouvido e achou ter uma “voz roufenha e de velhinha”. A nonagenária contou ter recebido inúmeras mensagens dos três filhos, oito netos e amigos dos filhos que, desde sempre, a tratam por tia.

Seguiram-se outros testemunhos, como o de Manuel Torres de 94 anos que gravou um “resumo da sua vida”, que admitiu ter sido algo que lhe fez muito bem.
Este idoso sublinhou, no entanto, que o confinamento é algo que não o está a incomodar muito porque vive acompanhado de leitura e música.

A esta altura, já todos querem gravar a sua história, adianta o presidente do Lar do Comércio, em Matosinhos, António Bessa, que tomou posse no início deste ano. O dirigente da instituição refere que esta iniciativa é um “veículo de comunicação fabuloso para o exterior”.

- Publicidade -