Livro do projeto fotográfico português “Everyday covid” apresentado hoje

0
247
imagem do site www.everydaycovid.pt
- Publicidade -

As imagens captadas por 87 fotógrafos e fotojornalistas portugueses num ano marcado pela pandemia da covid-19, no âmbito do projeto “Everyday Covid”, foram reunidas num livro, “um documento para memória futura”, que é apresentado hoje em Lisboa.

“Everyday Covid – Diários fotográficos em estado de emergência” é definido como “um documento para memória futura”, é a materialização de um projeto que começou em março deste ano com uma página na rede social Instagram, everydaycovid, iniciada pelos fotojornalistas Gonçalo Borges Dias e Miguel A. Lopes.

A página funcionou, entre 16 de março e 13 de junho, como um diário visual. Ao longo de três meses, diariamente, iam sendo partilhadas imagens relacionadas com a pandemia da covid-19, “estruturadas em vários formatos: reportagem, documental, retrato de sociedade e diários caseiros”, captadas por jornalistas e fotojornalistas, em Portugal e em Macau.

“O isolamento, o sentido de clausura, a nova realidade das máscaras, a dinâmica dentro dos hospitais, lares, desinfeções, momentos políticos e até funerais, são alguns dos temas retratados”, lê-se no texto de apresentação do livro.

As imagens partilhadas na página de Instagram iam sendo selecionadas por um grupo de ‘oito editores’: André Dias Nobre, Angelo Lucas, Gonçalo Borges Dias, Gonçalo Delgado, João Pedro Almeida, Miguel A. Lopes, Rui Miguel Pedrosa e Rui Soares.

O grupo “reunia-se todas as noites, em videoconferência, para editar e escolher as fotografias a publicar, projetando também novas ideias para os dias seguintes”.

Este projeto foi levado a cabo por profissionais que, “na sua maioria, estão em situações de trabalho bastante precárias, espelhando bem o cenário que se vive hoje em dia no jornalismo nacional — um meio com futuro incerto e angustiante para quem faz dele profissão”.

O projeto Everyday Covid “foi levado a cabo sem qualquer incentivo financeiro, apenas motivado pela necessidade fulcral de informar e registar, para memória, a luta e as respostas dos portugueses face à pandemia, para que o futuro não esqueça”.

O livro, que é apresentado às 18:30 no Palácio Nacional da Ajuda, inclui mais de 500 fotografias de 87 fotógrafos e fotojornalistas portugueses.

“Everyday Covid – Diários fotográficos em estado de emergência”, uma edição de autor que tem “um primeiro caderno em Braille e contém um QR Code e um ‘link’ que permitem ouvir as legendas das fotografias”, pode ser comprado ‘online’, através do site www.everydaycovid.pt.

- Publicidade -