Pais em teletrabalho que alternem apoio aos filhos podem vir a receber salário a 100%

0
213
foto canva

Os pais que alternem o apoio dado aos filhos em casa, devido ao encerramento das escolas, poderão vir a receber os seus salários a 100%. Também os pais de famílias monoparentais poderão ficar em casa a apoiar os filhos, mantendo o vencimento na totalidade, e os apoios serão alargados aos pais de alunos que se encontram em ensino à distância.

A proposta vai ser apresentada esta quarta-feira.

objetivo desta medida é “promover o equilíbrio entre homem e mulher no desempenho do apoio à família” e incentivar os pais a dividir o apoio dado aos filhos em casa, pelo que a Segurança Social deverá assumir o diferencial para assegurar o pagamento a 100% da remuneração em situações de alternância entre os pais ou no caso de famílias monoparentais.

“Esta é uma medida de política pública que pretende proteger as famílias, particularmente as que se encontrem em situação de pobreza”, refere o jornal Público, citando fonte do governo.