PCP leva a votos apoios de 658 euros/mês para trabalhadores da Cultura

0
171
imagem DR
- Publicidade -

O PCP leva a votos na quinta-feira, no parlamento, um projeto de lei para reforçar as ajudas aos trabalhadores da cultura afetados pela crise causada pela covid-19, como um apoio extraordinário de 658,21 euros mensais.

“É fundamental que a Cultura tenha uma resposta para ontem”, afirmou à Lusa a deputada comunista Ana Mesquita, sublinhando que “é preciso mesmo que estes apoios possam ser disponibilizados ao setor da Cultura” porque está “em curso a destruição do tecido artístico” do país.

“Estamos a perder pessoas, a perder estruturas, a perder capacidade de resposta”, acrescentou.

Ao apoio único no valor de um Indexante dos Apoios Sociais (IAS), ou seja 438,81 euros, pagos apenas uma vez, proposto pelo Governo, o PCP avança com a alternativa de se pagar 658,21 euros (1,5 vezes o IAS) mensalmente aos profissionais deste setor afetados pela epidemia que obrigou ao cancelamento de espetáculos há quase um ano.

- Publicidade -