Portugal prolonga suspensão de voos para Reino Unido e Brasil

0
210
obras no Aeroporto atrasadas
Aeroporto Francisco Sá Carneiro
- Publicidade -

O governo decidiu hoje prolongar as medidas restritivas do tráfego aéreo até ao dia 15 de abril, como a suspensão de voos com origem ou destino no Reino Unido e no Brasil. Existem também, medidas a serem aplicadas na fronteira terrestre, com obrigatoriedade de cumprir quarentena de 14 dias, para quem venha de países com taxa de incidência igual ou superior a 500 casos por 100 mil habitantes, como é o caso de França e Itália.

Todos os viajantes que cheguem a Portugal por via aérea devem apresentar um comprovativo de teste negativo à Covid-19.

Os voos com origem ou destino para o Reino Unido e no Brasil estão suspensos, com exceção para os voos de repatriamento. Todos os cidadão que cheguem a Portugal, provenientes desses países, bem como da África do Sul, nos voos de repatriamento ou através de escalas, devem apresentar um resultado negativo ao teste e cumprir um período de isolamento profilático de 14 dias.

O Ministério da Administração Interna recorda que a proibição de circulação entre concelhos, em vigor até à próxima segunda-feira, dia 5, aplica-se a todos os cidadãos, independentemente da nacionalidade. “No caso de cidadãos não residentes em território nacional está apenas prevista a possibilidade de deslocação, após a chegada a Portugal, para o local de permanência comprovada”.

- Publicidade -