Portugueses marcam testes antes do Natal para poder estar com a família

0
270
imagem de arquivo

Muitos portugueses estão a marcar testes à covid-19 para os dias que antecedem o Natal, para poderem reunir-se com a família, segundo a Unilabs Portugal, que só para o dia 22 de dezembro tem mais de 1.500 marcações.

Desde a comunicação do primeiro ministro sobre o Natal, houve um aumento de pedidos de testagem, nomeadamente testes de PCR e também testes de antigénio, para os dias 21, 22, e 23 de dezembro, segundo disse à agência Lusa o presidente da rede de diagnóstico clínico.

Para Luís Menezes, esta situação demonstra que “as pessoas veem na testagem uma forma de criarem uma salvaguarda adicional”, além das medidas apontadas pelo Governo.

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, apelou, numa conferência de imprensa recente sobre a covid-19, para que a população não faça testes por iniciativa própria, devendo esperar por uma requisição ou por um conselho médico.

Uma posição sustentada por Luís Menezes, afirmando que os centros de diagnóstico “estão disponíveis para apoiar as autoridades públicas e as pessoas de forma individual neste pedido, mas é preciso lembrar que tudo aquilo que está a ser dito pelas autoridades de saúde pública deve ser tido em conta”.