Santo Tirso mantém redução no tarifário do lixo

0
208
arquivo
- Publicidade -

O executivo municipal aprovou na reunião de Câmara, desta segunda-feira, o novo tarifário de resíduos urbanos para 2021. Pelo terceiro ano consecutivo o Município vai manter as reduções implementadas em 2019.

Estabelecido em função dos consumos de água, o tarifário aprovado em 2019 representa uma redução no preço do lixo de dois por cento para consumidores até 15 metros cúbicos abrangidos pela rede pública de água, e de 10 por cento para os consumidores com cinco metros cúbicos beneficiários do serviço de recolha domiciliária, nomeadamente na cidade de Santo Tirso e na freguesia de Vila das Aves.

“A maioria dos consumidores do Município com rede pública de água situa-se no escalão de 7,9 metros cúbicos, beneficiando de uma redução de 7,7 por cento no preço a pagar por mês, à semelhança do verificado em 2020”, explicou o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa.

Assim, um consumidor médio com recolha domiciliária vai voltar a pagar em 2021 uma fatura de 7,66 euros por mês, em vez dos 8,30 euros que suportava antes de 2019. Por sua vez, o consumidor médio beneficiário da recolha coletiva, ou seja, fora de Santo Tirso e de Vila das Aves, vai pagar 6,16 euros por mês, em vez de 6,50 euros.

O autarca acrescentou que “também os agregados familiares mais desfavorecidos, abrangidos pelas tarifas sociais, não vão ter qualquer agravamento na fatura, mantendo-se a redução de 80 por cento, ou seja, de 6,30 euros para 1,26 euros por mês”.

Já no caso dos consumidores não domésticos, manter o tarifário de 2019 significa uma redução de 34 por cento para um escalão de 240 litros por mês de produção de resíduos urbanos.

- Publicidade -