Surto de legionella pode ter sido acentuado pela Covid-19, aponta especialista

0
176
Acácio Rodrigues_imagem cintesis.eu

Acácio Rodrigues, professor da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e investigador do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (CINTESIS), considera que o surto de legionella que está a invadir a região Norte do país pode ter sido acentuado pela pandemia da Covid-19.

Em declarações à TSF, este especialista refere que existem muitos edifícios que estiveram fechados devido à crise de saúde pública e que, por isso, escaparam à inspeções. «Tudo o que sejam hotéis, estabelecimentos termais, ginásios, piscinas que ficam encerrados, quando reabrirem vão ter que ter cuidados redobrados para evitar o aparecimento de surtos. Senão temos a tempestade perfeita».

«Os possíveis focos de legionella podem ser múltiplos, as autoridades não podem excluir mesmo aquelas fontes menos prováveis», defende.

Acácio Rodrigues conhece bem a bactéria que causa a legionella, uma vez que a estuda há já várias décadas e considera que para os estabelecimentos serem classificados como «livres de Covid», será essencial também fazer o despiste da legionella.