Valongo: prisão preventiva para homem que agredia a mãe

0
95
Foto Arquivo

O Comando Territorial da GNR do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Porto, no dia 4 de novembro, deteve um homem de 33 anos por violência doméstica, no concelho de Valongo.

No âmbito da investigação de um crime de violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o agressor, a quem já haviam sido aplicadas as medidas de coação de afastamento e proibição de contacto com a vítima, sua mãe de 57 anos, por maus tratos a esta, continuou a agredi-la física e psicologicamente, de forma reiterada, forçando-a a fornecer alimentação e a limpar o local onde este vivia.

No episódio de violência mais recente, o agressor ameaçou e coagiu a vítima a entregar-lhe quantias de dinheiro para este poder satisfazer o seu vício de consumo de drogas, tendo ainda destruído bens da residência, o que originou um mandado de detenção.

O detido, com antecedentes criminais por violência doméstica, ameaça agravada, injúrias e ofensas à integridade física, foi presente, no dia 5 de novembro, a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial do Porto, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.