Opinião – Pedro Martins: Mudança essencial

0
175

O Partido Socialista da Maia encontra-se, como é do domínio público, em período eleitoral. No próximo dia 17 de Abril serão escolhidos os coordenadores da maioria das secções, assim como a Comissão Política Concelhia (CPC) e a(o) líder do PS na Maia para os próximos dois anos. Esta é uma decisão essencial para o futuro do PS no nosso concelho.

A Maia é, como os próprios dirigentes políticos de outros partidos admitem, um concelho tendencialmente socialista. O PS é o partido mais votado em quase todas as eleições, com a triste excepção das autárquicas. Esta é uma situação que, até ao momento, nenhum dirigente socialista conseguiu alterar. Não acreditando em fatalidades, tenho a certeza que, no futuro próximo, essa situação será drasticamente alterada.

Para que tal seja possível, o PS Maia deve mudar. A mudança é essencial, mas a mudança não pode significar que se tenha que apagar todo o passado ou se ignore que este existiu. A mudança não é um fim, apenas um meio.

Como militante do Partido Socialista, acredito que a candidatura encabeçada pela camarada Paula Cristina Duarte constitui uma excelente solução para o PS Maia. A camarada tem todas as condições para protagonizar a mudança que o partido necessita. O seu percurso político tem sido exemplar, desde a passagem pelo secretariado nacional da Juventude Socialista, até ao cargo de deputada da nação. Tem, sem sombra de dúvida, um percurso político invejável.

Apesar de ter sido deputada nas últimas quatro legislaturas, a sua ligação à concelhia da Maia do PS nunca foi afectada. Sempre acompanhou e trabalhou para o partido na Maia, pelo que conhece a estrutura perfeitamente. Este conhecimento permite que encete uma mudança tranquila, como a mesma gosta de referir.

O Partido Socialista na Maia necessita de uma personalidade forte, mas conciliadora; que conheça bem o partido, mas que não tenha medo de o mudar. Vejo na camarada Paula Duarte estas características.

Mas não é só o PS que necessita de uma mudança. A gestão autárquica da Maia necessita de uma mudança bem mais urgente. O concelho perdeu e continua a perder importância no seio da área metropolitana. O executivo camarário está praticamente reduzido a funções de gestão corrente, sem projectos nem realizações para o futuro. Aparentemente, todos os projectos pensados pelo actual executivo sofrem da coincidência de falharem espectacularmente. Com a quantidade de projectos que fugiram para concelhos vizinhos, corremos o sério risco de ficar de tal modo para trás que a qualidade de vida na Maia pode ser severamente afectada.

Estas eleições constituem uma excelente oportunidade para começar a mudar o Partido Socialista na Maia. O PS renovado, como uma nova postura, que pode emergir deste acto eleitoral será, sem dúvida, um PS mais forte e capaz de vencer os próximos desafios eleitorais, para o bem do nosso concelho.

Membro da Comissão Política Concelhia do Partido Socialista da Maia