As tecnologias na melhoria da qualidade de vida das pessoas com incapacidades em debate na Maia

O Fórum da Maia acolhe a partir de hoje uma conferência internacional. Até quarta-feira, cerca de uma centena de participantes vão analisar o papel das tecnologias na melhoria da qualidade de vida das pessoas com incapacidades.

O encontro é organizado pela Universidade de Reading (Inglaterra), desta vez com a colaboração da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto e da universidade de Haifa (Israel).

É uma iniciativa inédito em Portugal, onde pouca investigação se faz a este nível, sublinha Pedro Lopes dos Santos, do comité organizador. (Áudio)

A conferência vai juntar investigadores de áreas como a Psicologia, a Educação, a Engenharia Informática, a Ciência dos Computadores e as Ciências da Saúde.

Entre os oradores, há portugueses, mas também oradores dos EUA, Reino Unido, França, Suécia, Canadá, República Checa, Itália, Israel, Finlândia, Dinarmarca, Eslovénia, Polónia, África do Sul, Japão, Hungria e do Chile.

(Ouças as declarações de Pedro Lopes dos Santos: