A reunião dos subsídios “excepcionais”

O executivo da Câmara Municipal da Maia aprovou na sua reunião ordinária de quinta-feira da semana passada a atribuição de um subsídio, a título excepcional ao Juventude Desportiva de Águas Santas, no valor de mil euros para comparticipar as despesas de reparação de uma viatura de transporte dos atletas. Aliás, este não foi o único subsídio a ser atribuído. No mínimo, foram aprovados sete e três autorizações para realização de despesas.

Os vereadores aprovaram ainda um subsídio no valor de 870 euros a atribuir ao Agrupamento de Escolas de Pedrouços para apoiar a realização da primeira edição da Feira Medieval de Pedrouços. Aprovado foi também o apoio financeiro, no valor de 1150 euros aos atletas Diogo Manuel Oliveira Costa Soares e Liliana Sofia Coimbra Rosa, tendo em vista a sua participação do Campeonato Mundial de Danças de Salão, a realizar-se em Londres.

Ao Inter de Milheirós FC foi também atribuído um subsídio no valor 19 mil 680 euros para comparticipar as obras de beneficiação da sede social do clube, nomeadamente a restauração da rede eléctrica, rede de águas frias e quentes dos sanitários e bar, reparação das paredes com pintura e assentamento de azulejo e tijoleira. Diz a proposta que foi à reunião de câmara que estas obras são “imprescindíveis, tanto mais que visam não só a melhoria das instalações, como a adequação das mesmas a uma moderno e eficaz serviço a prestar aos seus associados e demais pessoas que frequentam, e que se situa numa zona socialmente carenciada”.

A título extraordinário foi também aprovado um subsídio a atribuir às colectividades do concelho da Maia, no valor de 4345 euros para apoiar o voleibol juvenil no concelho da Maia, tendo em vista o pagamento das taxas de inscrição dos atletas nos escalões jovens.

O executivo aprovou também a realização de despesas, até 2240 euros, com a organização do Dia Mundial do Skate: Campeonato de Skate da Maia, uma modalidade, diz a proposta, “em expansão”. Será no dia 4 de Julho, integrando as festas do concelho, e tem como alvo contribuir para a aceitação e evolução desta modalidade desportiva urbana. O dia será comemorado com um campeonato disputado em duas categorias – iniciados para os mais novos praticantes da modalidade e Open para atletas mais experientes.

Aprovada foi também a realização de despesas com a 3ª Gala do Desporto, que está marcada para o dia 26 de Junho, no Pavilhão Municipal da Maia. A ideia é distinguir os clubes que mais se notabilizaram pelo seu trabalho, desde a formação até à alta competição, pelo número de jovens que têm a praticar desporto, pelo número de pessoas que se mantém activas e pela forma notabilizaram o concelho. A autarquia prevê gastar com a realização da gala, que inclui um jantar com todos os atletas homenageados, cerca de 30 mil 765 euros.

Isabel Fernandes Moreira