Fundação Gramaxo lança livro sobre património local

A Fundação Gramaxo, instituição cuja missão visa promover iniciativas de âmbito cultural e social, lança um livro que aborda o património edificado e imaterial das quintas da Freguesia da Maia.
Com o título “HISTÓRIAS E MEMÓRIAS DAS QUINTAS DA FREGUESIA DA MAIA”, da autoria de Daniela Alves e Helder Barbosa, a obra é o resultado de um projeto de recolha e investigação monográfica, que conta com o prefácio de António Barreto.

Em entrevista concedida ao programa Praça da Liberdade, da Rádio 5, Fátima Gramaxo, mentora da Fundação que aporta o nome da sua família, afirmou que o lançamento desta obra (sábado, dia 2, às 17h30, na Fundação Gramaxo) é a primeira de um conjunto de várias iniciativas que a instituição pretende levar a cabo, no desenvolvimento da sua atividade cultural.

A família Gramaxo, na Maia há mais de quatro séculos, averba na sua História, um vasto conjunto de factos relevantes que ajudaram a construir a própria História local, mormente na sua relação com a Igreja, destacando-se o suporte social e financeiro com que sempre contribuiu, na organização da multisecular Romaria em Honra de Nossa Senhora do Bom Despacho, cujo local privilegiado de acolhimento, foi ao longo de muitas décadas, o bosque da Quinta da Boavista, contíguo ao atual Santuário de Nossa Senhora do Bom Despacho.

Fátima Gramaxo, decidiu generosamente, transformar o património de família, num espaço de fruição pública, que colocou ao serviço da comunidade.

Victor Dias